"Dizem que a gente tem o que precisa. Não o que a gente quer. Tudo bem. Eu não preciso de muito. Eu não quero muito. 
Eu quero mais. Mais paz. Mais saúde. Mais dinheiro. Mais poesia. Mais verdade. Mais harmonia.
Mais noites bem dormidas. Mais noites em claro. Mais eu. Mais você. Mais sorrisos, beijos e aquela rima grudada na boca. Eu quero nós. Mais nós. Grudados. Enrolados. Amarrados. Jogados no tapete da sala. Nós que não atam nem desatam. 
Eu quero pouco e quero mais. Quero você. Quero eu. Quero domingos de manhã. Quero cama desarrumada, lençol, café e travesseiro. Quero seu beijo. Quero seu cheiro. Quero aquele olhar que não cansa, o desejo que escorre pela boca e o minuto no segundo seguinte: nada é muito quando é demais."
Caio F. A. 

7 Revelações:

Natalia Araújo disse...

Muito profundo, Nath...
Não precisamos de muito para ser feliz, mas muitos procuram a felicidade em coisas grandes e esquecem das pequenas, onde estão os tesouros.

Gostei daqui.
Sigo seus passos.
Beijos.

Priscila Rôde disse...

O amor é o suficiente, sempre!
Caio sempre maravilhoso! :)

Chrys Santanna disse...

AAAAAAAAAAAh, que coisa linds. Adoro seus posts menina! Parabéns ! *-*

F. Xavier disse...

amore, to amando seu blog!
passo por aqui sempre,
vou comentar mais!

beijos docinho!

Celso Andrade disse...

SEMPRE CAIO NOS TOCANDO...

Hosana Lemos disse...

'Mais noites bem dormidas'

já seria um bom começo...

C.F é tudo! *-*

Hosana Lemos disse...

ah e muuuuuuuito obrigada pelo selinho, logo postarei!!!
^^

bjãão

Postar um comentário